Programas de apoio e boas práticas no I Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora / Encontros de Investidores da Diáspora

Featured

1º Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora, em Idanha-a-Nova realizou-se no passado 22 de julho. Este evento pretende anualmente apresentar programas relevantes no apoio a emigrantes e/ou ao investimento da diáspora bem como partilhar boas práticas municipais de valorização das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro em prol do desenvolvimento dos territórios. Reuniu municípios, comunidades intermunicipais, regiões autónomas, associações empresariais e de desenvolvimento. O programa incluiu a apresentação e formalização da Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora (RAID) que liga serviços das diferentes áreas de governação, entidades
regionais, municípios e associações de matriz empresarial, em especial da diáspora, que apoiam o investimento da diáspora e dispõem dos interlocutores, instrumentos e meios para o efeito. Esta Rede arranca com mais de 300 entidades comprometidas com a criação de um ecossistema favorável ao empreendedorismo e investimento da diáspora portuguesa. A constituição é dinâmica, mantendo-se em expansão pelas entidades do ecossistema empreendedor português, bem como pelas associações
empresariais da diáspora, com especial destaque para as Câmaras de Comércio e Indústria Portuguesas no estrangeiro. A evolução da situação epidemiológica em Portugal e na União Europeia apresenta uma trajetória ascendente, tendo o Governo decretado o estado de calamidade a partir de 1 de dezembro. Adicionalmente, a preocupação com a nova variante COVID 19 obriga a maiores precauções na entrada de pessoas no país. Neste enquadramento, e por prudência, comunica-se o adiamento dos ENCONTROS PNAID 2021 para data a anunciar oportunamente.

Os Encontros PNAID, que dão continuidade aos Encontros de Investidores da Diáspora, são uma iniciativa conjunta da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e da Secretaria de Estado da Valorização do Interior.

Em 2021 os Encontros PNAID estavam agendados para os dias 9 a 11 de dezembro, coorganizados pela Câmara Municipal de Ourém e pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. Ficam, agora, adiados para 2022. Esses vão ser os primeiros Encontros desde que foi aprovado o Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID), em 2020, com o objetivo de promover o investimento da diáspora, em especial no interior do país, bem como as exportações e a internacionalização das empresas nacionais através da diáspora. Foi publicado pela RCM nº 64/2020 de 18 de agosto. Mais informação em https://pnaid.mne.gov.pt/pt/

Sob o lema “INVESTIMENTO DA DIÁSPORA, um investimento com marca”, os Encontros têm como finalidade fornecer, a empresários portugueses no estrangeiro interessados em investir em Portugal, informação sobre áreas-chave das políticas públicas do país. Esta iniciativa tem também como objetivo proporcionar aos participantes informação sobre oportunidades e medidas de apoio ao investimento em Portugal e à internacionalização através da diáspora, e facultar-lhes um espaço de apresentação dos seus projetos, interação, conhecimento, partilha de experiências e boas práticas, parcerias e oportunidades de negócios. Realizados no concelho de Ourém em 2021,os Encontros PNAID constituem um importante ativo estratégico para a afirmação do território do Médio Tejo no mundo.
Assim, o evento assume-se como catalisador do estímulo ao empreendedorismo para a concretização de novas iniciativas empresariais em território nacional, consubstanciando-se numa poderosa força económica, social e cultural com uma contribuição determinante para aumentar a coesão nacional e a competitividade da economia portuguesa.

O evento é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

 

 

A partir de 1 de julho de 2022 para Portugal sem testes.

Featured

(Atualização: 2 de julho de 2022)

Ao abrigo do Despacho 30/06 https://dre.pt/dre/detalhe/despacho/8022-d-2022-185530975

a partir de 1 de julho de 2022 deixa de ser exigido aos passageiros que entrem em território nacional a apresentação de comprovativo de realização de teste para despiste da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo ou a apresentação de certificado digital COVID UE ou de certificado de vacinação ou recuperação emitido por países terceiros, aceite ou reconhecido em Portugal.

Ler mais: https: //www.visitportugal.com/pt-pt/node/446781

Nota importante:  Antes de viajar, é importante confirmar as formalidades de entrada junto da companhia aérea e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (www.sef.pt / sef@sef.pt), a entidade responsável pelo controlo de fronteiras.

Maré» – Mostra de cinema dos países de língua portuguesa – 1.ª edição -26 de maio | Cinema Muranów

Featured

Vem aí a primeira edição do «Maré», a primeira mostra de cinema de língua portuguesa na Polónia, organizado pelas Embaixada do Brasil e de Portugal em Varsóvia e a representação do Camões I.P nesta cidade. A mostra irá realizar-se no dia 26 de Maio das 18:00 às 22:00 horas, no cinema Muranów de Varsóvia. Na mostra, serão exibidas duas longas-metragens premiadas: a portuguesa Listen e a luso-brasileira Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos.

Na primeira edição da mostra, entraremos nas profundezas da sociedade portuguesa e brasileira, mas não necessariamente a que domina a cobertura mediática. Os realizadores de Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos levar-nos-ão até à selva brasileira, onde iremos observar a vida do grupo étnico Krahô, com menos de 3.000 pessoas. Acompanharemos Ihjãc de 15 anos e o seu rasgão entre a cultura e o sistema de valores criados na sua aldeia natal e os que prevalecem nas cidades brasileiras. Listen, por outro lado, dar-nos-á uma visão da vida de uma família portuguesa a viver no Reino Unido, numa situação financeira difícil e a lutar contra o sistema de segurança social britânico, muitas vezes impiedoso e cruel. É um retrato pungente da maternidade e da deficiência contada do ponto de vista feminino da diretora estreante Ana Rocha de Sousa.

 

«Maré» – Mostra de cinema dos países de língua portuguesa – 1.ª edição

https://www.camoes.pl/2022/05/02/festival-mare-festival-de-cinema-dos-paises-de-lingua-portuguesa-1-a-edicao/