Cursos de formação a distância do Camões, I.P. – Candidaturas até 13 de Fevereiro

Informa-se que decorre, até 13 de Fevereiro (inclusive), o período de candidaturas para a frequência de cursos a distância do Camões, I.P. (2.º semestre 2018/2019).

Destacam-se novos cursos: Português para Hotelaria e Cinema e Vídeo – Desconstruções Pedagógicas.

CULTURA

  •  Estudos Pós-Coloniais: Atlânticos Sul
  • Cinema e Vídeo – Desconstruções Pedagógicas

ENSINO

  • Didática do Português Língua de Herança
  • O Desafio da Diferença: Abordagens de Diferenciação Pedagógica no Ensino de Línguas
  • Escrita Criativa – Nível Introdutório
  • Tecnologias Móveis para o Ensino de Português L2
  • Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna

CURSOS DE PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS

  • Português para Estrangeiros, nível A1 (Básico)
  • Português para Estrangeiros, nível A1 (Premium)
  • Português para Estrangeiros, nível A2 (Básico)
  • Português para Estrangeiros, nível A2 (Premium)
  • Português para Estrangeiros, nível B1 (Básico)
  • Português para Estrangeiros, nível B1 (Premium)
  • Português para Estrangeiros, nível B2 (Básico)
  • Português para Estrangeiros, nível B2 (Premium)
  • Português para Estrangeiros, nível C1 (Básico)
  • Português para Estrangeiros, nível C1 (Premium)
  • Português para Hispanofalantes, nível A1/A2
  • Português para Hispanofalantes, nível A1/A2 (Múrcia)

CURSOS DE PORTUGUÊS PARA FINS ESPECÍFICOS

  • Laboratório de Escrita Criativa – Nível Avançado
  • Laboratório de Escrita Jornalística
  • Português para Negócios
  • Introdução ao Português Jurídico
  • Português para Hotelaria

TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO

  • Tradução e Tecnologias de Informação Linguística

COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

  • Introdução à Cooperação Internacional para o Desenvolvimento
  • Boa Governação, Cidadania e Direitos Humanos

Informações complementares poderão ser encontradas no seguinte link: https://tinyurl.com/y73wt6f5.

1º Congresso Mundial das Redes da Diáspora

O Iº Congresso Mundial das Redes da Diáspora irá decorrer no próximo dia 13 de julho, no Porto, no auditório da OCC (Ordem dos Contabilistas Certificados).

O objetivo desta iniciativa da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, em parceria com a Câmara Municipal do Porto, é reunir e colocar em interação representantes das principais Redes dos Portugueses da Diáspora, enquanto agentes particularmente ativos e reconhecidos em áreas de relevância, quer na comunidade portuguesa em que se inserem, quer na sociedade de respetivo país de acolhimento, para proceder a uma reflexão alargada sobre o trabalho realizado até ao presente com as comunidades portuguesas e, sobretudo, debater perspetivas de colaboração futura, com formulação de sugestões e recomendações.

As inscrições já se encontram abertas, devendo os interessados inscrever-se através do correio eletrónico congressodiaspora@mne.pt até ao dia 1 de Março.

Abaixo se apresenta a carta convite de Sua Excelência o Secretário de Estado para as Comunidades Portuguesas, Dr. José Luís Carneiro.

carta SECP

38ª edição do Prémio Nacional de Literatura Juvenil Ferreira de Castro

A Associação do Prémio Nacional de Literatura Juvenil Ferreira de Castro, com sede em Portugal, leva a efeito mais uma edição do Prémio Nacional de Literatura Juvenil Ferreira de Castro (38ª Edição).

Neste evento, os jovens são desafiados a mostrar a sua qualidade literária, promovendo-se a literacia e a valorização do desenvolvimento pessoal e social dos jovens.

Esta iniciativa é destinada aos jovens portugueses e luso-descendentes das Comunidades Portuguesas, a jovens portugueses residentes no estrangeiro e a jovens PALOP, nas faixas etárias dos 12-15 anos (Escalão A) e dos 16-25 anos (Escalão B).

Na presente edição os géneros a concurso são o conto e relato de viagem, contando com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Senhor Presidente da República.

O regulamento do concurso encontra-se disponível na página eletrónica da Associação:

https://premioferreiradecastro.wordpress.com

Quaisquer esclarecimentos poderão ser solicitados pelo endereço eletrónico: apnljfc@esfcastro.pt

Investimento Turístico em Portugal – concursos públicos no âmbito do Programa “ Revive”

Através da realização de concursos públicos, o programa “Revive” visa a recuperação e valorização de imóveis e propriedades que consubstanciem património cultural e histórico do nosso país e que se encontrem devolutos, e a sua transformação em ativos económicos, abrindo-os ao investimento privado, nacional ou estrangeiro, para desenvolvimento de projetos turísticos capazes de gerar riqueza e postos de trabalho, promover o reforço da atratividade de destinos regionais, a desconcentração da procura e o desenvolvimento das várias regiões do país. O programa é promovido pelo Turismo de Portugal, pela Direção Geral do Património Cultural e pela Direção Geral do Tesouro e Finanças, em articulação com os Municípios de localização das propriedades.

Informação adicional sobre o programa e concursos públicos no seu âmbito poderá ser consultada em: http://revive.turismodeportugal.pt/, ligação que será progressivamente atualizada.

Mensagem de Natal do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

Caras e caros compatriotas,

É com grande satisfação que dirijo esta mensagem especial, por ocasião da quadra festiva do Natal e Ano Novo, a todos os portugueses e lusodescendentes que compõem a diáspora portuguesa.
Portugal orgulha-se dos exemplos de coragem, iniciativa e solidariedade demonstrados por todos aqueles que integram as nossas comunidades nas diferentes partes do Mundo.
No ano que agora finda pude prosseguir um contacto intenso convosco. Em todos esses diálogos sobressaiu o modo exemplar como se encontram integrados nos países de acolhimento e a estima de que são merecedores por parte das autoridades e dos cidadãos locais.
Poderia citar muitos exemplos de como temos trabalhado em conjunto para valorizar a diáspora portuguesa e honrar o nome de Portugal no Mundo.
Refiro três situações em concreto:
Em Wrexham, no País de Gales, formalizámos o primeiro protocolo entre o Ministério dos Negócios Estrangeiros e um município no Reino Unido, tendo em vista o reforço da colaboração entre as associações da nossa comunidade e os poderes locais. Neste momento são já 11 protocolos deste tipo em todo o Mundo.
No Luxemburgo, pudemos testemunhar a concretização de uma expetativa com várias décadas. Graças à assinatura de um protocolo que proporciona formação profissional, em língua portuguesa, a trabalhadores dos setores da construção e da limpeza. O acordo foi subscrito, em nome do Governo português, pelo Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, José Vieira da Silva.
Por fim, cito um exemplo de grande simbolismo. Graças a um diálogo com o Governo estadual do Maranhão, no Brasil, foi possível assinar um protocolo para a criação de uma Casa de Portugal no Convento das Mercês. Situado na capital estadual, São Luís, este convento foi visitado pelo Padre António Vieira, que proferiu em São Luís alguns dos seus sermões, incluindo o “Sermão de Santo António aos Peixes”. A Casa de Portugal é dinamizada pelo Conselho das Comunidades Portuguesas em São Luís e recebeu, em dezembro, o seu primeiro evento.
Em 2019 continuaremos a estar próximos e atentos às nossas comunidades.
Destaco, em primeiro lugar, as medidas impulsionadas pelo primeiroministro António Costa, que o Orçamento de Estado contempla, e que têm como propósito estimular o regresso de cidadãos portugueses ao nosso país.
Refiro, também, que o apoio à comunidade portuguesa na Venezuela vai permanecer a nossa principal prioridade. Os serviços consulares e diplomáticos continuarão a ser o pilar fundamental para que os cidadãos tenham acesso à documentação e contem com apoio na vertente social e no acesso a oportunidades de emprego em Portugal.
Prosseguiremos um trabalho em rede com as associações lusovenezuelanas, com os cônsules honorários e com os conselheiros das comunidades. O Estado proporcionará, também, um apoio multidisciplinar aos que desejam regressar a Portugal, tanto ao território continental mas especialmente à Região Autónoma da Madeira.
Noutro plano, não iremos descurar o reforço da rede consular em todo o Mundo. Em 2018 foram abertas vagas para a contratação de 68 trabalhadores para os serviços consulares, incluindo 7 chanceleres que irão reforçar a capacidade de resposta dos postos. Em 2019 daremos continuidade a este esforço, tanto por via da contratação de efetivos, como pela implementação de projetos de modernização dos serviços.
Deixo, ainda, uma referência a uma conquista de 2018, que irá materializar-se em 2019.
A Assembleia da República aprovou um conjunto de alterações às leis eleitorais, entre as quais se incluiu, por proposta do Governo, o recenseamento automático, mas não obrigatório, dos portugueses no estrangeiro.
Os portugueses no estrangeiro passarão a estar equiparados aos cidadãos portugueses que vivem em território nacional, para efeitos de recenseamento, o que vai elevar, de acordo com os dados que temos, de 300 mil para 1,4 milhões o número de portugueses recenseados no estrangeiro.
Esta medida é acompanhada por muitas outras de valorização cívica das nossas comunidades e proporciona a remoção de obstáculos à participação dos portugueses na vida cívica e política do nosso país. O que trará benefícios para a nossa democracia, que irá tornar-se mais madura, rica e completa. Apelo a todos os portugueses no estrangeiro para que se informem sobre as novas regras e conheçam os seus direitos.
Deixo uma palavra também para os portugueses residentes no Reino Unido. Os serviços consulares e a Embaixada de Portugal em Londres permanecerão atentos aos desenvolvimentos do Brexit e irão estar sempre de portas abertas para o esclarecimento de dúvidas. Este foi, desde 2015, o país onde os serviços consulares foram mais reforçados e estamos em crer que a capacidade operacional adquirida será superior à procura.
Outro ponto de destaque será o Encontro de Todas as Redes da Diáspora Portuguesa que pretendemos concretizar, por via de um Congresso que terá lugar a 20 de julho, na Cidade do Porto. A breve prazo adiantaremos mais pormenores sobre esta iniciativa.
Faço ainda o pedido para que nesta quadra todas as viagens e deslocações se façam com a máxima precaução e respeitando as recomendações das autoridades.
Termino, renovando a garantia de que em 2019 estaremos próximos de quem está longe e sempre disponíveis para conhecer os anseios e as necessidades dos portugueses residentes no estrangeiro.
A todas e a todos, desejo Festas Felizes e um excelente 2019.

José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

Concurso Externo

Concurso externo para o preenchimento de um posto de trabalho, na categoria de Assistente de Residência, para exercer funções de pessoal de limpeza na Embaixada de Portugal em Varsóvia.Varsovia__20181217_155524_001212

Work in Portugal! – 27 de Novembro, num computador perto de si.

EURES – European Job Days

No próximo dia 27 de novembro (3ª feira), já daqui a uma semana, realiza-se o Work in Portugal! um evento de recrutamento e informação exclusivamente “online”, no âmbito dos European Job Days, organizado pelo IEFP/EURES Portugal com o apoio da Comissão Europeia.

O evento é dirigido a profissionais de todo o Espaço Económico Europeu (e Suíça), com diferentes níveis de educação e áreas de formação, recém-graduados ou com experiência, que procurem uma nova oportunidade em Portugal.

Até ao momento, estão confirmados 30 expositores virtuais  e mais de 110 ofertas, com 650 oportunidades de emprego em divulgação (número que aumentará até à data do evento), numa grande diversidade de áreas profissionais:

  • engenharias
  • tecnologias de informação
  • gestão e finanças, marketing, seguros
  • “customer service” e “BPO – business process outsourcing”
  • hotelaria
  • indústria (farmacêutica, de fibra ótica, alimentar)
  • agricultura

de entre outras.

No dia 27, no período da manhã (entre as 9h00 e as 13h30), será disponibilizado “online” um Programa diversificado de apresentações (em inglês), com:

  • conteúdos temáticos sobre condições de vida e trabalho, procura de emprego e apoios à mobilidade;
  • vídeos de algumas das empresas participantes;
  • e testemunhos de cidadãos europeus (também portugueses) que escolheram viver, trabalhar e/ou regressar a Portugal.

Teremos ainda, no “Chat”, ao longo de todo o dia (entre as 9h00 e as 17h00):

  • as empresas participantes para resposta às suas questões e/ou realização de entrevistas (no caso de se candidatar previamente às ofertas disponíveis);
  • os conselheiros EURES de Portugal com informação e aconselhamento sobre procura de emprego, condições de vida e trabalho e apoios à mobilidade;
  • e outros serviços de informação e assistência a todos os cidadãos que pretendam viver e trabalhar em Portugal.

COMO TIRAR O MELHOR PARTIDO DO EVENTO

INTERESSAD@? INSCREVA-SE JÁ!Participação gratuita

Visite www.europeanjobdays.eu/workinportugal para mais informação.

Coloque-nos as suas questões mais específicas por e-mail: workinportugal@iefp.pt

Contamos consigo!